Companhia Siderúrgica Paulista

A Figueiredo Ferraz prestou serviços por mais de 30 anos para a COSIPA.

Destacam-se os serviços prestados:

USINA JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADE E SILVA
Período de execução: 01/1960 a 01/1965

Projetos estruturais, compreendendo 200.000 cúbicos de concreto armado e protendido, para: usina de sinterização; laminação de tiras a frio; usina de sub-produtos; gasômetro de 10.000 m³; gasômetro de 123.000 m³; usina de nafta; rede subterrânea de dutos elétricos; sistema de água e combustíveis; sistema de água tratada; pátio de matérias-primas chaminé de equilíbrio (estruturas protendidas com 70 m de altura); blocos de ancoragem; escritórios da aciaria, do alto forno e do pátio de matérias-primas; laboratório de ensaios; fábrica de tijolos refratários; laboratórios de areia; pátio de manobra; edifícios de escritórios; oficina mecânica de forjaria e calderaria; estruturas diversas e pontes; reservatórios de 3.000 m³ e 7.000 m³; laboratórios de fundição; depósito de modelos; depósito de refratários; almoxarifado; pronto socorro.

RESERVATÓRIOS PARA SIDERÚRGICA
Período de execução: 09/1963 a 02/1964

Projeto estrutural de dois reservatórios de água na Usina José Bonifácio de Andrade e Silva, para 3.000 m³ e 7.000 m³.

REFORÇO DE ESTRUTURAS METÁLICAS
Período de execução: 10/1963 a 12/1963

Projeto de reforço na laminação de tiras a frio por insuficiência estrutural. Idem, na aciaria por insuficiência na viga de apoio do tapamento lateral, vão 40 metros, área: 2.000 m².

ÁGUA PARA FÁBRICA DE OXIGÊNIO
Período de execução: 06/1974 a 03/1975

Projeto de abastecimento de água potável, industrial e de combate a incêndio para a Fábrica de Oxigênio nº 4 da expansão da Usina José Bonifácio de Andrada e Silva (tubulações em aço galvanizado e ferro fundido).

Projeto de drenagem interna da área da Fábrica de Oxigênio n§ 4 (3.240 m²); poço de sucção e recalque.

Drenagem superficial em área de 10.000 m².

FÁBRICA DE OXIGÊNIO Nº4
Período de execução: 06/1974 a 08/1975

Projetos da rede geral de esgotos da fábrica utilizando tubulação de ferro galvanizado de vários diâmetros.

Período de execução: 06/1974 a 03/1975

Projeto para fábrica de oxigênio do plano de expansão da Usina José Bonifácio da Andrada e Silva. Os trabalhos compreenderam arquitetura, estrutura, fundações, instalações hidráulicas, drenagem, eletricidade, detalhameto dos cabos de força paraalimentação dos equipamentos, bases para compressores de ar e oxigênio de grande capacidade, bases para unidades de refrigeração, bases para os suportes de tubulações, bases para os filtros de ar e oxigênio e sistemas de captação de ar, detalhes e locação de aproximadamente 1.200 chumbadores para equipamentos de porte.

A fábrica e os reservatórios para oxigênio líquido e gasoso, a caixa fria, reservatórios complementares e estruturas dos suportes de tubulação, ocupam aproximadamente 5.000 m².

TERMINAL RODO FERROVIÁRIO
Período de execução: 12/1974 a 12/1975

Terminal Rodo-ferroviário da Utinga em Santo André, SP, Km 63 da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, para transbordo de 100.000 toneladas/mês de produtos siderúrgicas destinados a região da Grande São Paulo.

"Lay-out", estudo de alternativas e estudos geotécnicos, projetos de arquitetura, urbanização, arruamento, estruturas, instalações, ramal ferroviário e especificações para contratação das obras. Acompanhamento técnico da execução das obras.

DUPLICAÇÃO DO ACESSO A USINA JOSÉ BONIFÁCIO
Período de execução: 04/1976 a 06/1976

Anteprojeto de duplicação da rodovia SP-55 - Via Prestes Maia - no trecho de acesso à COSIPA; anteprojeto do novo acesso partindo da SP-55, anteprojeto estrutural e arquitetônico de três viadutos ao longo do traçado. A via tem 3 Km de extensão com pistas duplas de 7 m; consumo de concreto: 24.000 m³.

PLANO DE CIRCULAÇÃO INTERNA
Período de execução: 07/1977 a 12/1978

Projetos de transportes, arquitetura, estruturais, fundações, elétricos, hidráulicos e de utilidades para o plano de expansão para 3.500.000 t/ano
de aço, incluindo sistema de circulação interna e externa; pátios de estocagem, atracadourosem Vicente de Carvalho e no Valongo e terminal rodo-ferroviário na grande São Paulo. O estudo de tráfego abrangeu o viário interno da Usina e sua ligação com a rede ferroviária estadual; projeto de sinalização e estudos dos terminais rodo-ferroviário e marítimo, sugerindo alterações operacionais da Usina, para eliminar conflitos entre os fluxos de carga e descarga. Os estudos de circulação interna e externa, envolvenram: pesquisas origem-destino; contagens volumétricas; plano funcional de tráfego; definição de itinerário; localizações dos terminais hidroviário, rodoviário e ferroviário; projeto geométrico executivo dos acessos; projeto de sinalização; projeto executivo dos terminais hidroviário e rodoviário; projeto de comunicação do terminal rodoviário.

TERMINAIS PARA INDÚSTRIA
Período de execução: 09/1977 a 10/1977

Estudos e projetos dos atracadouros definitivos na área da usina, Valongo e Vicente de Carvalho, compostos de flutuantes, passarelas e terminais hidroviários propriamente ditos, envolvendo engenharia civil, de transportes, elétrica, hidráulica, urbanização e comunicação visual.

ESTÁGIO III
Período de execução: 07/1977 a 12/1980

Projeto e acompanhamento da obra do Pátio de Matérias Primas, recebimento de Calcáreo, e Dolomita e Calcinação n§ 2. O civil incluiu estudos geotécnicos e fundações das lajes de estocagem, transportadores e equipamentos de manuseio, relocação de interferências, escoamento de valas, drenagem e as salas elétricas; e os projetos executivos das edificações auxilíares da calcinação. O elétrico incluiu análise do básico de terceiro, alternativas, detalhamento da alimentação de equipamentos, como viradores de vagão, recebimento de Calcáreo, Pátio de Carvão, alimentação das Sinterizações 1 e 2 e peneiramento de "pelletas".

  • Projeto executivo e acompanhamento técnico das obras dos refeitórios, Vestiários de Área e Escritórios de Área, incluindo estudos de implantação, remoção de interferências, definição de "lay-out" e equipamentos das copas, arquitetura, instalações hidráulicas e elétricas, ar condicionados, além de fundações e estruturas.
  • Projetos executivos e acompanhamento técnicodas obras das Oficínas de manutenção "lay-out", remanejamento de interferências arquitetura, estrutura, fundações, hidráulicas, elétricas, utilidades; especificações e planilhas para a contratação das obras.
  • Arruamento interno da Usina, incluindo projeto básico do relativo à expansão, levantamento e compartibilização do existente, projetos executivos de traçado, drenagem e sinalização.

ATRACADOUROS DE NAVIOS
Período de execução: 03/1978 a 04/1978

Projetos definitivos dos atracadouros COSIPA (Valongo e Vicente de Carvalho), compostos de flutuantes, passarelas e terminal hidroviário.

ESTRUTURAS DA COSIPA
Período de execução: 08/1978 a 02/1980 Local Cubatão - SP

  • Projeto básico de quatro atracadouros metálicos. Área: 170 m²; peso da estrutura: 214 ton.
  • Projeto básico de passarelas. Comprimento: 200 m.
  • Projeto básico da cobertura e marquises metálicas do depósito de materiais elétricos. Área: 2.610 m²; pesoda estrutura metálica: 40 ton. 
  • Projeto básico do galpão do Almoxarifado do Refratários II. Área: 12.000m²; 
  • peso da estrutura: 810 ton.
  • Projeto básico do galpão da Oficina de Sinterização. Área: 650 m²; peso da  estrutura: 12 ton.
  • Projeto globaldo terminal rodoferroviário de Utinga, Km 63 da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, para transbordo de cerca de 100.000 toneladas/mês de produtos siderúrgicos destinados ao mercado da Grande São Paulo. O terminal é composto, basicamente, por galpão em estrutura metálica medindo 112 m x 50 m, com 2 vãos de 25 m, equipados com três pontes rolantes, e edifícios auxiliares. Os serviços envolveram análise técnico-econômica, plano de ocupação da área, projeto do ramal ferroviário, projetos de arquitetura, arruamento, fundações, estruturas, redes de água e esgoto, instalações elétricas e hidráulicas, pavimentação e sinalização, especificações e acompanhamento técnico das obras peso da estrutura: 2.300 ton.


ESTRUTURAS DA COSIPA
Período de execução: 08/1979 a 08/1980

  • Projeto básico do galpão do Almoxarifado Central II. Área: 12.000 m²; peso da estrutura: 1.030 ton.
  • Projeto básico do galpão do Almoxarifado Central III. Área: 15.120 m²; peso da estrutura: 890 ton.
  • Projeto básico dos três galpões dos Depósitos de Inflamáveis. Área total: 670 m²; peso das estruturas: 16 ton.
  • Projeto básico de cimbramento da Calcinação n§ 2. Área: 39 m²; peso da estrutura: 2,0 ton.
  • Projeto básico da ponte mista aço-concreto sobre o canal de descarga. Área: 433 m²; peso daestrutura metálica: 93 ton.


ESTRUTURAS METÁLICAS
Período de execução: 04/1979 a 10/1979

Supervisão, análise, inspeção, cálculos, projeto de reformas, reforços e diretrizes de manutenção para todos os galpões metálicos que compõe a Aciaria I, Altos Fornos I e II, Sinterizações I e II, Pátio de Matérias Primas, Coqueria, Calcinação e Quebrador de Cascão. (Área: 33.000 m²).

EDIFÍCIOS INDUSTRIAIS
Período de execução: 10/1979 a 09/1980

Projeto de quatro edifícios padronizados destinados a refeitórios e escritórios, com dois pavimentos, situados em diversas áreas da Usina. Os edifícios tem 15,60 m de largura por cerca de 55 m de extensão. O vigamento dos pisos é em perfis soldadosque apoiam lajes de concreto executadas sobre formas metálicas de chapas dobradas galvanizadas, incorporadas ao tratamento arquitetônico. Cada edifício possui uma cabine elétrica e uma torre metálica para a escadaria de acesso ao segundo pavimento,e suporte de caixa d´água elevada também metálica.

DESCARREGADORES DE NAVIOS
Período de execução: 01/1980 a 06/1980 Local Cubatão - SP

Inspeção da estrutura dos descarregadores de navios números 1 e 2; verificação do estado das peças, quanto à oxidação e deformações. Projeto detalhado dos reforços dos dois descarregadores.

INSTALAÇÕES
Período de execução: 03/1980 a 10/1981

  • Projeto de passagem de cabos entre transportadores P.5 e C.82 x C.83 R e entre transportadores C.82 e novos silos de mistura. Área: 9,20 x 1,64 e 9,36 x 0,90 m². Peso: 2,76 x 0,81 - 3,57 toneladas. Projeto de estaiamento da chaminé com três cordoalhas galvanizadas dispostas entre si a 120º, na usina de carboquímicos. Peso: 1 ton.
  • Projeto de reforço da tubulação principal de gás, edifício principal da Aciaria P1 05, entre eixos 9 e 10.
  • Projeto de dois reservatórios cilíndricos com cobertura cônica, cada qual com volume de 700 m para armazenagem na usina da alcatrão. Diâmetro: 10 m; peso: 65 ton.
  • Verificação, cálculo, parecer técnico e sugestões de providências a tomar com relação a estrutura em arco que ruiu pela ação do vento. Área: 7315 m²; vão: 70 m.

MANUTENÇÃO
Período de execução: 06/1980 a 06/1981

Contrato de assessoria técnica à Gerência de Manutenção Geral da Cosipa, nas áreas civil elétrica, mecânica e de transportes, envolvendo apoio tecnológico às equipes técnicas da própria Cosipa, inspeção das várias áreas do complexo siderúrgico e projetos para solução de problemas específicos e urgentes como; limpeza da cobertura da sinterização; prolongamento da cobertura dos silos do Alto Forno I; eliminação da emanação de gases da Usina de Benzol; trilho para talha elétrica na oficina de manuseio de coque; linha de água dos resfriadores da Usina de Benzol para a torre de resfriamento I; plataforma para manutenção do after-cooler do turbo-compressor nº 5; redução de ruídos na linha de decapagem da GLM etc.

REGENERAÇÃO DE DESENHOS
Período de execução: 07/1980 a 02/1986 Local Cubatão - SP

Programa de recuperação de desenhos industriais parcialmente inutilizados pelo uso ou sem contraste por ação da luz solar, para facilitar os trabalhos de manutenção. Refeitos em tamanho natural, os desenhos são microfilmados e arquivados.

PROJETO ESTRUTURAL
Período de execução: 07/1980 a 12/1980

Projeto de galpão metálico da extensão da Preparação de Lingoteiras, área;
2.400 m² (30 m x 80 m); três pontes rolantes para 50 ton cada, monovia para manutenção das pontes e passarelas. O projeto incluiu a extensão de plataformas existentes e cobertura adicional para estocagem de material, constituída de pórtico ligado ao longo do prédio principal, com 6,80 m de largura e altura de 6,30 m. Peso das estruturas metálicas: 500 ton.

TERMINAL RODOFERROVIÁRIO
Período de execução: 06/1980 a 11/1980

Projeto de galpão em pórtico transversal duplo de 25 m de largura (cada) e comprimento de 112 m no Terminal Rodoferroviário de Utinga em Santo André-SP. Três pontes rolantes para chapas e bobinas. Estrutura constituída por colunas compostas soldadas; cobertura em treliça. Monovia para manutenção. Edifícios complementares: portaria e administração, ambos metálicos.


PROJETO DO ESTÁGIO III DA EXPANSÃO
Período de execução: 06/1980 a 06/1981

Projeto elétrico, assistência técnica e acompanhamento da execução das obras da Sinterização III, Laboratório da Sinterização III, Sala de testes e Pátio de Matérias Primas. Aprovação e gerenciamento de diversos projetos de terceiros referentes a Plano de Obras, Obras Complementares de Expansão Estágio - III estudos de alternativas de distribuição e reformulação do sistema elétrico de distribuição de média tensão da Área Central da Usina.

Elaboração e implantação de programa de computação paracálculo de fluxos de potência e simulação elétrica da operação de unidades industriais.

Estudos de curto-circuito trifásico e fase terra para definição de critérios de projetos de distribuição e aterramento. Estabelecimento de critérios de projeto e normas de instalação para transformadores de potência, aterramento em baixa tensão, pára-raios, cabos e condutores elétricos.

Projeto executivo de tubulação, equipamentos e instrumentação para:

Usina de benzol - eliminação de vapores de benzol, água de resfriamento separação água/óleo, envolvendo levantamento da unidade existente, novo "lay-out", especificação de equipamentos, tubulação e instrumentos, plantas de detalhamento e especificação de materiais.

Usina de Alcatrão - reforma da usina, compreendendo conjunto e detalhes de fabricação de dois tanques de 700 m³ cada, aquecimento de vapor e tubulações de interligação.

Ampliação da Aciaria I - instalação das redes de água industrial, incêndio, ar comprimido argônio, oxigênio, acetileno e gás da coqueria.

Reforma do Alto Forno n§ 1 - modificação dos sistemas de resfriamento de placas, das plantas, das pontes das novas ventaneiras e das lanças de óleo e sistema de sprays dos cadinhos.

Oficinas de Manutenção - instalação das redes de utilidades (ar comprimido, água industrial, oxigênio, acetileno, argônio, nitrogênio e vapor) das
oficinas G.E.U., Fox, Aciaria II e Desbastador.

DEPÓSITO DE PRODUTOS ACABADOS Nº 3
Período de execução: 10/1980 a 12/1980

Projeto de galpão metálico com 36 m de vão e 112 m de comprimento, 2 pontes rolantes para 30 ton cada. A estrutura, em perfis laminados, inclui monovia de manutenção e passarela sobre a linha férrea.

PROJETO ESTRUTURAL
Período de execução: 06/1981 a 12/1981

Projeto de estrutura suporte para bandejas de cabos elétricos do edifício de Sinterização nº 3. Peso: 200 ton.

PROJETO ESTRUTURAL
Período de execução: 02/1981 a 12/1981

Verificação e reforço da estrutura do descarregador de navios nº 2. Altura de 44,7 m; peso: 700 ton.

PROJETOS ESTRUTURAIS
Período de execução: 02/1981 a 12/1981

  • Galpão para oficinas da Aciaria II. Área de 1.700 m²; peso: 200 ton.
  • Galpão para oficina da GEU. Área: 850 m²; peso: 116 ton.
  • Edifício para escritório da GEU. Área de 300 m²; peso: 50 ton.
  • Galpão e fechamentos de alvenaria para manutenção da Fábrica de 
  • Oxigênio. Área: 670 m²; peso: 80 ton.
  • Galpão em estrutura metálica do vestiário da oficina de manutenção da GEU. Área: 72 m²; peso: 5 ton.
  • Inspeção e verificação de estrutura do edifício do quebrador de cascão.
  • Área: 1.288 m².

PROJETO ESTRUTURAL
Período de execução: 02/1981 a 12/1981

Inspeção, verificação e reforço da estrutura da aciaria.
Área: 9.715 m²; peso: 3886 ton.

PIER Nº 1 DA COSIPA
Período de execução: 02/1982 a 01/2007 

Estabelecimento das condições a serem observadas para operação do pier da COSIPA, inicialmente projetada para navios de até 20.000 DWT, tendo em vista a atracação de navios até 50.000 DWT.

PIER Nº 1
Período de execução: 01/1982 a 02/1982

Verificação da infra e da super-estrutura; definição dos limites a serem atendidos nas manobras de atracação; projeto de proteção; estabelecimento das condições de operação da Pier, inicialmente projetado para navios de até 20.000 ton dw, tendo em vista a atracação de navios até 50.000 ton dw.

EDIFÍCIO RESIDENCIAL
Período de execução: 08/1982 a 02/1983

Projeto de edifício residencial de 13 andares no bairro do Jabaquara. Vãos típicos: 8,00 m; aço utilizado: COS-AR 50. Área: 7.800 m²; peso: 350 ton.

ESTRUTURAS COSIPA
Período de execução: 01/1982 a 11/1982

Primeira fase: desenvolvidos dois projetos típicos de galpões industriais (leve e pesado) com o objetivo de padronizar-se o nível de detalhamento dos desenhos. Os desenhos incluiram algumas soluções para problemas comumente encontrados usina, tais como corrosão futuras expansões etc.

Segunda fase: desenvolvidos desenhos padronizados que irão orientar as projetistas no detalhamento de diversas soluções típicas aplicáveis e galpões industriais do cliente.

ATRACADOURO COSIPA
Período de execução: 09/1983 a 12/1983

Projeto estrutural do atracadouro para "deck ship".

Área de 100 m²; peso: 130 ton.

EXPANSÃO USINA JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA
Período de execução: 01/1984 a 06/1994

TERMINAL RODOFERROVIÁRIO DE UTINGA - Projeto executivo de um terminal destinado ao transbordo de produtos acabados de ferrovia para rodovia, constando de:

  • - Galpão em estrutura metálica;
  • - Edificações para vestiários, sanitários e sala elétrica;
  • - Edifício de Administração;
  • - Portaria para controle de entrada e saída de veículos.

PROJETOS DA COSIPA
Período de execução: 03/1985 a 09/1986

Projeto executivo da plataforma coberta para manutenção de carros-torpedo.

Verificação das vigas de rolamento da ponte volante do páteo de bobinas da laminação. Projeto do Poço de granulação de escória do Alto-Forno I.

Projeto básico da torre de extração de coque. Fundações da oficina elétrica de manutenção.

Projeto de reforma da alimentação dos motores da mesa do laminador-desbastador e da instalação elétrica da oficina geral de manutenção.

Projeto de monovia sobre a casa de controle, passarela dos painéis, suporte do bandejamento da alimentação, e das luminárias nas plataformas ampliadas do Alto-Forno I. 

Ventilação da Casa de Corrida do Alto Forno II.

Projetos de estruturas metálicas para o Lingotamento Contínuo e Aciaria II e edifícios auxiliares. Assistência a implantação de microcomputadores.
Projetos para o uso do aço na construção civil.

Projetos elétricos para a Aciaria II.

ARRUAMENTO INTERNO DA USINA
Período de execução: 10/1985 a 05/1986

Projeto básico (gabaritos, itinerários, pavimentações e sinalizações) e excutivo (traçado, drenagem, sinalização, acessos e interferências) do arruamento relativo ao Estágio III da expansão. Cadastramento de todo o viário existente e compatibilização com o projetado.

ESTRUTURAS COSIPA
Período de execução: 04/1986 a 06/1986

Análise, recuperação e melhorias de estruturas metálicas do Alto-Forno I e de diversos guindastes.

PROJETOS COSIPA
Período de execução: 07/1986 a 08/1986

Análise das estruturas dos edifícios da Aciaria II e Lingotamento Contínuo visando ao aumento da capacidade de produção dessas unidades, compreendendo levantamento de dados, verificação das estruturas (particularmente vigas de rolamento de pontes rolantes) e possibilidades de aumento das cargas.

EXPANSÃO DA USINA
Período de execução: 08/1986 a 12/1986

Projeto completo dos edifícios da Aciaria II e Lingotamento Contínuo. Atualização do viário da Usina (projeto geométrico, drenagem e sinalização).

REFORMA DO ALTO-FORNO Nº 2
Período de execução: 01/1987 a 06/1987

Serviços técnicos de engenharia estrutural para reforma do Alto-Forno nº 2, compreendendo inspeção, desenhos de reparos, projeto de reforços e melhorias. Assessoria e supervisão de execução.

RECUPERAÇÃO DE ESTRUTURAS
Período de execução: 04/1987 a 07/1987

Inspeção e análise estrutural para recuperação de estruturas metálicas da Usina. Supervisão da execução das melhorias.

ESTÁGIO III - PLANO DE EXPANSÃO USINA J. BONIFACIO
Período de execução: 10/1985 a 01/1989

Acompanhamento da implantação das obras, elaboração, revisão e complementação de documentos, que se fizeram necessários para desenvolver projetos novos ou adequar projetos existentes a etapas de montagem ou condições específicas de obras.

REFORMA DA ACIARIA I
Período de execução: 01/1992 a 11/1993

Inspeção detalhada, projetos de reforço, métodos construtivos e supervisão da execução de estruturas metálicas da Usina José Bonifácio.

RECUPERAÇÃO ESTRUTURAL
Período de execução: 02/1994 a 06/1994

Recuperação de Viaduto de acesso à Usina José Bonifácio de Andrade e Silva.

INSTALAÇÃO ANTI-INCÊNDIO
Período de execução: 12/1994 a 05/1995 

Projeto executivo do sistema de detecção de incêndio nas salas elétricas da F.OX 3 e 4.

RECUPERAÇÃO DE ESTRUTURAS
Período de execução: 12/1994 a 05/1995

Projetos de estruturas metálicas, de recuperação de pipe-rack, incluindo pesquisas de arquivos de projeto e levantamentos de campo.

DRENAGEM DE ÁREA INDUSTRIAL
Período de execução: 02/1995 a 04/1995

Projeto de recuperação do sistema de drenagem da Aciaria I.

PROJETOS ANTI-INCÊNDIO
Período de execução: 03/1995 a 09/1995 

Projeto executivo de barreiras corta-fogo nas galerias, túneis e salas elétricas e sistema de detecção de fumaça nas Aciarias e Lingotamento contínuo.

Mais nesta categoria: « FORD, SP Siemens »

Destaques

  • Vídeo da participação do Presidente da Figueiredo Ferraz no Jornal da Gazeta >

    Matéria foi ao ar dia 12/02/2016 no Jornal da Gazeta. Leia mais
  • Aliança entre Figueiredo Ferraz e Porto de Antuérpia >

    Aliança para o desenvolvimento portuário brasileiro é noticiada na Revista Tecnologística nº 240. Leia mais
  • A importância das Concessões e Parcerias Público-Privadas para tirar o atraso da Infra estrutura do País >

    Analisando os diferentes orçamentos da área governamental é possível verificar que não há recursos para investimentos em infra estrutura. Ao Leia mais
  • Modelagem dos projetos Figueiredo Ferraz >

    Modelos executados usando o software Autodesk Building Design Suite (Revit e 3DMax). Leia mais
  • Panorama da Certificação Metroferroviária na Europa e no Brasil >

    O evento, do dia 25/03/2015, que teve como tema Panorama da Certificação Metroferroviária na Europa e no Brasil, atraiu um Leia mais
  • III Ponte Rodoferroviária sobre o Rio Orinoco >

    Concepção estrutural em “double-deck” com 21 metros de largura de tabuleiro, 12 metros de altura e 2.280 metros de extensão Leia mais
  • Terminal Embraport >

    O Terminal de Contêineres da EMBRAPORT - Empresa Brasileira de Terminais Portuários - é um terminal portuário multiuso e privativo, que conta Leia mais
  • 1
  • 2